Safra firme, entressafra firme. Isto costuma ser verdade? (Blog MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 11 de Abril de 2019

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Chamaram a atenção nesta semana os seguintes pontos:

1.) o atacado estancou a sangria na virada de mês e esboçou uma leve reação, melhorando a margem da indústria, que ainda segue menor que o passado;
2.)
as boas chuvas de abril com relaxamento do milho, concomitantes ao aquecimento da arroba, recolocaram a relação de troca (sacas/@) ao patamar da história recente (4,30), abrindo boas perspectivas para a suplementação da seca; 
3.)
nas últimas semanas, de maneira geral, os diferenciais de base (diferença da arroba paulista com as praças) abriram R$ 2,50 a R$ 3 (variando de R$ 1,50, como no MS, até o extremo de R$ 4 a R$ 8, a exemplo de SC, PR e MT). Isto abre espaço para valorização nas praças, a qual está em curso.


Prova disto é que dados da Scot/IBGE adaptados apontam a arroba média do boi no Brasil em R$ 146,69 a prazo, pela nona semana seguida em recuperação. Indicando a mesma tendência, seguimos rondando o recorde nominal de preços do maior levantamento da pecuária, o Indicador Esalq/BMF. Isto tem deixado o produtor “incomodado”, tentando operações de proteção de preços.

De outra sorte, a indústria está a todo vapor na estratégia “sábado de aleluia”, tentando fazer a escala da próxima semana encontrar a sexta (19/04, em geral sem abate), para poder dizer ao telefone: “só preciso de boi láááá para beeeem depois do dia 20/04”. Olho atento, ainda mais, se vier uma "friaca" no meio do caminho... Onde esta história deve desembocar? A MãeDinah conta no Front Premium... Segue o jogo!

Analisamos também no Front Premium, o que passado recente nos diz sobre os anos em que a “Tia Safra” demora a dar as caras (anos com preço de arroba firme na safra). Nestes anos, como foi o final de safra? E a entressafra? Em 70% das vezes, nestes casos, o segundo semestre foi... Até a próxima semana!

Fotos em destaque: fotos excelentes do meu amigo José Rangel de Camargo (o popular Zeca Rangel) de Franca/SP (Instagram @camargo2833), que além de boi gordo de ótima qualidade, ainda dá conta de produzir 83,2 sacos de soja/ha (detalhes no Instagram @noticias_do_front).

Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário

Next Sites

Oops... Página não encontrada.

Desculpe, mas a página que está a procura não existe.