Prever a arroba em dólares está bem mais fácil do que em Reais (MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 6 de Agosto de 2021

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Sabe o que está acontecendo de relevante no mercado? Absolutamente nada, pelo menos até o fechamento dessa edição (no Brasil, nunca se sabe ao certo)! Quero dizer que em termos de preços, tivemos pouca novidade nessa semana, como tem sido recorrente!

Allflex online: https://www.allflex.global/br/

No milho, um pouco menos de fervura, afinal de contas estamos na safrinha e, ainda que o diminutivo faça cada vez mais sentido, estamos colocando algum cereal novo “sobre a mesa”. Além disso, as importações fazem algum barulho e as exportações seguem mais fracas no YoY. Mas, como derreter o grão dourado, com o estoque de passagem pífio que teremos?

E o boi? Da mesma forma, tanto é que a B3 deu sono para alguns operadores em alguns pregões. O boi não tem muito perigo de cair, mas também não tem coragem para subir! De alguma forma as coisas estão fluindo: as exportações seguem fortes em volume e preço (julho foi o melhor mês de 2021) e as escalas estão nas máximas dos últimos dois anos. Uma leve melhora no atacado por conta do Dia dos Pais, mas nada que mude a “grande figura”.

Aí vem a taxa Selic de 5.25% e o dólar vai cair por conta do fluxo de entrada de recurso estrangeiro, certo? Que nada... como cai com a temperatura política subindo cada vez mais?!?

Enfim, a estabilidade predomina, hora pesando um pouco para baixo, ora tendendo um pouco para cima, mas de verdade, pouca coisa tem acontecido em termos de mudança de preço.


E fica a grande dúvida: qual será o preço da arroba no pico da entressafra? Esses dias um amigo, estudioso de mercado, me disse: “resposta difícil para essa pergunta! Está mais fácil cravar o preço da arroba brasileira em dólares do que em Reais”. E sabe que está mesmo? Enviarei para os assinantes o gráfico da arroba em dólares (não deflacionado), mas por aqui, adianto o seguinte:
1.    A média de longo prazo da arroba brasileira é de US$ 47,50 (entre 2010 até 2021);
2.    Valores acima de US$ 55/@ são raros historicamente: nos últimos 11 anos, ocorreram apenas três vezes (2010, 2014 e 2019);
3.    Iniciamos 2021 em US$ 53/@ e fomos subindo, de modo que estamos desde o início de junho oscilando entre US$ 60 a 65/@ (média de US$ 62,34 de 01/junho até hoje);
4.    O recorde nominal da série foi de US$ 67,48/@, ocorrido em 05/11/2010 quando o Indicador CEPEA/B3 era R$ 113,29/@ a vista e o câmbio estava em 1,679, incrivelmente. Ou seja, a arroba só atingiu esse valor em dólares pois a taxa estava completamente “fora da casinha” (a média da taxa é de 3,09 não deflacionada);
5.    A marca de US$ 65/@ foi atingida apenas três vezes nos últimos 11 anos, em 2010, 2011 e agora, em 2021 (dia 28/06/21, quando o Indicador cravou o recorde nominal da série, de R$ 321,90 e o câmbio estava em 4,942, chegamos a US$ 65,14/@);
6.    Em todas as vezes em que a arroba atingiu os US$ 65, ela não conseguiu romper de maneira importante essa marca. Há quem diga que agora ela conseguirá (a arroba do MT valeu mais que a de SP em 2021, portanto, tudo pode ser possível).

A conclusão: uma boa aposta para a máxima da arroba são os US$ 65... claro que os recordes estão aí para serem rompidos, mas os US$ 65 são uma aposta muito forte como resistência. Escolha a sua taxa de câmbio e brinque com esse referencial como possível teto para a arroba no segundo semestre desse ano. Ex: 4,70 x 65 = R$ 305,50; 4,90 x 65 = R$ 318,50; 5,10 x 65 = R$ 331,50; 5,25 x 65 = R$ 341,25; 5,40 x 65 = R$ 351,00; 5,50 x 65 = R$ 357,50... Ah, um detalhe: claro que o mercado interno tem que endossar essa conta... O meu chute é de 5,10 a 5,25... Chute, ok? Eu não tenho certeza de nada porque adoro as dúvidas.

Boa reflexão e até o próximo episódio! Saúde em excesso, Rodrigo Albuquerque

Disclaimer: nenhum conteúdo do Notícias do Front deve ser entendido como recomendação de venda/retenção/compra de qualquer ativo, título ou derivativo agrícola, ou ainda como recomendação de investimento, mas sim, deve ser entendido meramente como opinião pessoal na data da sua publicação.

CASO QUEIRA DESFRUTAR O CONTEÚDO DO EPISÓDIO ACIMA, NA FORMA DE ÁUDIO (PODCAST), BASTA APERTAR O PLAY:



Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário