O curto prazo da arroba – 20.09.19 (MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 20 de Setembro de 2019

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Um marco histórico foi quebrado na última terça, quando foi registrado o maior valor nominal do Indicador Esalq/B3. O recorde anterior datava de 04.04.16 e anotava R$ 159,49/@ a vista em SP. Chegamos em R$ 160,40, praticamente 3.5 anos depois. Que sufoco! Mesmo assim, reafirmo: seguimos nos mantendo distantes de cenário explosivo para a arroba. O recorde real ainda está longe demais (R$ 186/@) e para quebrá-lo, o boi precisa explodir.


A pesquisa do Front sobre a expectativa de preços feita em meados do primeiro semestre sinalizava setembro como um mês de aquecimento da arroba. A voz do povo, foi a voz de Deus e a profecia (auto-realizável?!?) se concretizou, mesmo considerando o fato de estarmos atravessando o meio deste mês, período crítico para a nossa fraca demanda interna.

A arroba média do boi gordo no Brasil subiu pela 8ª semana seguida, agora alcançando R$ 148,85 e R$ 137,84 para a vaca (ambos a prazo, dados Scot/IBGE adaptados). A arroba de fêmea segue escassa deixando a vaca colada no macho (novilha tem patrolado o boi).

A disputa pelo macho de abate está maior, atingindo sobretudo os pequenos frigoríficos e até mesmo os grandes, em certa medida. Mesmo com um excelente abastecimento da escala de boiadas a termo, o apetite da indústria raramente diminui, tão pouco, testam-se preços menores. A oferta baixa (no spot), agora acompanhada por uma espécie de enxugamento do atacado (drenagem para exportação) e disputa pelo boi China, não permitem (é uma boa hora para se negociar, em nossa visão).

A chance de explosão dos preços é muito diminuta (jamais uso a palavra impossível). O varejo, por exemplo, segue enxugando sua margem, por não conseguir repassar a alta do atacado. Para as próximas semanas prevemos mais do mesmo: aquecimento leve a moderado, na dependência da praça. Neste caso, “no news is good news” (ausência de notícia é uma boa notícia). Segue o jogo!

Vamos saciar um pouco da sua (infinita) curiosidade sobre o futuro, dando uma “curiada” sobre os preços do final de 2019 e sobretudo 2020. “Bora matar sua lumbriga”? Há um número mágico rondando a arroba em 2020. Te encontro no Front Premium. Até a próxima semana!

Fotos em destaque: coletando o pó da viagem.

Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário

Next Sites

Oops... Página não encontrada.

Desculpe, mas a página que está a procura não existe.