Lava Jato na agroeducação, urgente (Blog MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 8 de Março de 2019

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Tenho a sensação que teremos (em poucos anos) uns quinze dias de Carnaval, devido ao pré/pós. De fato, pouco se viu de novidade no mercado entre 01 a 07/mar. O “quarteto mágico” citado na semana passada (oferta reduzida, consumo fortalecido, produção desacelerando e exportação forte), que significa sustentação da arroba, esteve operante. Esta conjuntura nos levou à quarta semana sequencial de recuperação na média do boi no Brasil, cravando R$ 143,88 a prazo (Scot/IBGE, adaptados). Foi uma recuperação semanal tímida (R$ 0,17/@), porque não tivemos nem ao menos tempo suficiente para o mercado “enleirar”. Os destaques de variação positiva são: GO, Sul do MS/TO/BA e norte do MT.


Além de poucos dias úteis, a semana mostrou que o consumo interno (fator mais importante), é hoje o menos pujante dos quatro citados porque vemos o atacado de lado, apesar da produção em queda, dos estoques justos e da boa exportação.

A compra de gado está da “mão para a boca” em muitas praças e apesar dos feriados recentes (que empurram artificialmente as datas de abate), a necessidade de compra continua para o início/meados da próxima semana, em geral. Tudo isto dá a pinta de que a sustentação dos preços vai seguir. O contraponto, para conter a sua euforia (descabida), é que o movimento está mais sedimentado sobre redução de produção, do que sobre uma demanda interna fortíssima. “Cabe mais na guaiaca”, e a luta vai ser para arredondar a nota (R$ 160 - SP e R$ 150 - praças). Segue o jogo! Saiba quais os próximos passos do mercado na visão da Mãe Dinah, assinando o Front Premium!

Há exatos dois anos eu escrevia o exemplar #258 e também nascia o podcast “Notícias do Front”. Hoje, 105 episódios adiante e quase 150.000 áudios ouvidos, retorno ao assunto que originou ambos: “Campanha Agropai e Agromãe” e “ideologia nutricional nas escolas”. Infelizmente revisito o tema porque ele está mais atual do que nunca, seja no ensino infantil, fundamental ou médio! Precisamos de uma Lava Jato na agroeducação, urgente! Estão formando alunos com massa crítica real ou manipulando estudantes sob as pesadas mãos da ideologia?

Fotos em destaque: Igreja de Nossa Senhora Aparecida inaugurada de 1905 em Joanópolis/SP; Murais do cemitério Jardim das Palmeiras e do Hotel Orla Morena (carro de boi) em Campo Grande/MS; destaque publicado por uma escola (ensino extracurricular) de Goiânia/GO (detalhes no Instagram @noticias_do_front).

Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário

Next Sites

Oops... Página não encontrada.

Desculpe, mas a página que está a procura não existe.