Confinamento 2021, conta de padeiro (Front)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 11 de Junho de 2021

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Direto ao ponto, sem delongas... Vamos exercitar o resultado de se confinar um boi magro no estado de São Paulo, nesse momento (início de junho). Segue:

1)    Informações produtivas:
Peso médio de entrada: 405kg, com 50% estimado de RC na entrada, logo [email protected]
Período confinado: 115 diárias com GMD de 1.55 kg/dia e 56% de RC ao abate
Dia “D1” do confinamento: 12/06/2021, com data de abate 06/10/2021 e mortalidade de 0,25%
Peso vivo de saída: 583,25 kg (21.77 @) e ganho diário de carcaça de 1.079 kg/dia

Saiba mais em: https://www.allflex.global/br/

2)    Informações financeiras:
Preço de compra do boi magro: R$ 335,00/@, com 1% de comissão (R$ 4.567,73/cab, FOB)
Diária nutricional: R$ 19,18/cab, com custo operacional de R$ 1,70/cab. Total: R$ 20,88/cab/dia
Outros custos: R$ 26,40/cab (sanitário, GTA, assessoria de abate, taxas)
Frete do animal até o confinamento: R$ 54,00/cab
Preço de venda estimado: R$ 332,50 (referência para os primeiros dias de outubro é o contrato de setembro da B3, sobre o qual adicionamos “prêmio” de R$ 4,50/@ para boi China)

3)    Resultados financeiros:
Custo da arroba de entrada (magra): R$ 338,35
Custo da arroba produzida: R$ 299,86
Custo da arroba vendida: R$ 323,72
Lucro líquido, considerando perdas com mortalidade: R$ 173,42/cabeça
Taxa de remuneração do capital investido: 0.622% AM


Na conta de padeiro, arredondando os números, o sujeito compra uma arroba magra de R$ 340,00; produz uma arroba de R$ 300,00 e dessa sorte tem o custo do boi terminado em R$ 325,00/@. Vendendo o gordo por R$ 332,50, apura-se cerca de R$ 175,00/cab (0.622% A.M.), caso tudo dê certo... Apertadíssimo! Eu podia dizer muita coisa aqui, mas resumo em uma frase: essa conta de padeiro é um enorme suporte para o boi gordo da entressafra! A curva futura não estimula ninguém a produzir! Está caro demais engordar, além de muito arriscado!

Existem três jeitos de se resolver isso: a comida abaixar, ou o magro abaixar, ou o gordo subir. Qual tem mais chance de ocorrer?

Grato, Rodrigo Albuquerque

Disclaimer: nenhum conteúdo do Notícias do Front deve ser entendido como recomendação de venda/retenção/compra de qualquer ativo, título ou derivativo agrícola, ou ainda como recomendação de investimento, mas sim, deve ser entendido meramente como opinião pessoal na data da sua publicação.

CASO QUEIRA DESFRUTAR O CONTEÚDO DO EPISÓDIO ACIMA, NA FORMA DE ÁUDIO (PODCAST), BASTA APERTAR O PLAY:

Artigos Relacionados

Secou o bagaço da baixa (Front)
  • 19 de Dezembro de 2020

Comentários ( 0)

Escreva um comentário