Centro-Oeste com a chuva do Pará. Qual a consequência nos preços? (Blog MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 10 de Maio de 2019

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Sabe quando o jogo começa e aos 25 min do primeiro tempo, você diz: “hoje eu não sei não, o time não está indo bem”? Esta é um boa analogia para a pressão de baixa da arroba iniciada há quatro semanas. Está havendo algum sucesso nesta tentativa? Sim, p.ex.: nesta semana a arroba média do boi no Brasil caiu R$ 0,41 (pela segunda seguida), chegando em R$ 145,87 a prazo (a vaca caiu para R$ 135,95 a prazo). Entretanto a maior parte das praças caminha como a economia do Brasil: de lado e não caindo.

A oferta segue melhor do que estava entre final de março/início de abril, o que permitiu (e ainda permite) testes, porém a pressão sobre a arroba não está “aquerenciada” como diriam os gaúchos, ou seja, o boi não “derrama” (escalas repletas se abastecem ainda de lotes picados e frigorífico mais apertado segue buscando boiadas de longe). Por falar em derramar, a chuva ainda dá as caras neste maio no Brasil Central como eu nunca vi, deixando o pecuarista tranquilo e explicando muito do porquê a pressão não se “aquerencia” de vez e não faz derreter a arroba.

As praças mais pressionadas seguem se alternando. Nesta semana destaco o norte de MG, sul de GO, Pará, SC e PR. De outra sorte, o oeste da BA, AC e as Alagoas estão em aquecimento (dados Scot/IBGE adaptados).


A suave queda da arroba já refletiu em um leve alívio das margens dos frigoríficos como tínhamos adiantado. Outra notícia boa é que vimos uma melhor fluidez na ponta final com a virada de mês e Dia das Mães. Mas nada que empolgue.

Se, de um lado, a preguiça da arroba em cair está farta, não há clima para recuperação agora. Talvez mais alguns leves ajustes, a não ser que a carne caia forte (fato que eu não acredito). Em função disto, o outubro na bolsa começa a entender o que deveria ter entendido há meses: boi da entressafra 2019 abaixo de R$ 160,00 é barato demais, ainda mais com as 16 (ou 24? Ou 44?) plantas que serão habilitadas para a China em breve. Segue o jogo!

“Este ano é diferente”... Frase muito usada no mundo corporativo para iniciar uma reunião. Tudo a ver com o universo pecuário de 2019 e seu ótimo volume de chuvas. Elas trarão oportunidades para quem tiver estratégia. Sempre haverá uns chorando e outros vendendo lenço! Até a próxima!

Fotos em destaque: o milagre dos pastos de maio em Jussara/GO e a Santa milagreira (chuva de Pará no Goiás). Detalhes no nosso Instagram @noticias_do_front.

Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário

Next Sites

Oops... Página não encontrada.

Desculpe, mas a página que está a procura não existe.