70% da safra de capim já está no retrovisor (Blog MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 28 de Fevereiro de 2019

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Aos poucos o cenário (levemente) construtivo de preços se fortalece e aumenta sua abrangência. Ajustes positivos relevantes são vistos em GO, MT, SC, MA, SP, MG, PR, PA, RO e TO. Apenas o RS e a BA destoam e recuam preço... Pela terceira semana seguida, a média Brasil do boi gordo recuperou valor (desta vez cerca de R$ 0,50), batendo os R$ 143,72/@ na condição a prazo (dados Scot/IBGE, adaptados).


A maior firmeza do mercado decorre da combinação dos seguintes fatores: oferta reduzida (após o retorno das chuvas, mas há exceções, cada vez mais raras), consumo fortalecido (temos uma virada de mês repleta de feriados), produção desacelerando (pulos de abate, escalas incompletas e feriados) e exportação se apresentando como uma excelente via de escoamento em 2019. Não vejo como este cenário pode mudar no curtíssimo prazo. Segue o jogo!

O ano só começa depois do Carnaval? Que nada... O capim está desfilando produzindo há 120 dias e portanto, quem sai na rua agora é o bloco do curral e a ala das baianas balanças, afinal de contas, a gestão deve seguir firme na avenida pecuária. O que a Mãe Dinah prevê para a quarta-feira de cinzas dos compradores de boi gordo do Brasil? Tudo isto e muito mais está no Front Premium. Bom Carnaval e uma ótima semana de diversão, especialmente se a sua folia for no curral!

Fotos em destaque: fazenda Buritis e Marca, Itapirapuã/GO (detalhes no Instagram @noticias_do_front).

Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário

Next Sites

Oops... Página não encontrada.

Desculpe, mas a página que está a procura não existe.