176 anos de experiência de vida e crises (MiniFront)

  • Por Rodrigo Albuquerque - 23 de Outubro de 2021

Companheira(o) que carrega o pó da viagem,

Hoje, dia 23/10, estamos há 53 dias sem embarcar gado gordo e exatos 50 dias sem produzir/certificar carne para a China. Como eu disse aos assinantes do Front Premium: o mercado está vivendo de expectativas, veiculadas por “notícias” que alternam perspectivas positivas e negativas, como uma gangorra, e que no fundo não têm valor nenhum.

Allflex online: https://www.allflex.global/br/

Para quem, como eu, quer voltar a lidar com fundamentos e não com expectativas (áudios vazados, informações com viés), não são boas notícias.
Até alguma confirmação oficial sair, eu continuo dizendo que ninguém tem certeza de nada! Como a questão “China off” é claramente uma estratégia do governo asiático, ela pode perfeitamente ser resolvida de imediato ou apenas em 2022 (ninguém sabe a hora da canetada). Porém reforço: as sinalizações que os últimos contatos com a China revelam, não são boas.

Pouco tenho a acrescentar além de tudo que já foi dito nas semanas anteriores, de maneira exaustiva. Vamos, portanto investir o nosso precioso tempo com algumas frases deixadas por dois brasileiros ilustres que já nos deixaram, mas seus legados seguem adiante.

Eles são: Dr. José Ermírio de Moraes, patriarca de uma família e de um conglomerado empresarial de sucesso, reconhecido por décadas em vários setores de nossa economia, frases extraídas de uma carta direcionada aos seus filhos; Dr. Fernando Penteado Cardoso, agrônomo fundador do Grupo Manah, que recentemente nos deixou aos 106 anos de vida, lúcido ao ponto de transmitir o rico conteúdo que pinçamos abaixo. Vamos lá?


1.    "Arregaçem as mangas e vão em frente. Não se intimidem, nem se sintam diminuídos, se tiverem que começar pelo começo” (Fernando Penteado Cardoso);

2.    “Estudem sempre, a vida toda, para manterem-se em dia com a ciência, com a tecnologia e com a economia. Tenham sempre disposição para mudar. Não se deixem fossilizar” (Fernando Penteado Cardoso);

3.    “Foi sempre meu desejo diversificar os empreendimentos do nosso grupo industrial. Durante longos anos verifiquei que quem tem tudo num só ramo de negócio, tem alguns anos bons e muitos anos maus” (José Ermírio de Moraes);

4.    “Sempre baseei os nossos ramos industriais dentro do consumo de matérias primas nacionais .... para evitar pedir favores ao exterior” (José Ermírio de Moraes);

5.    “Desejo chamar a atenção de vocês, nesse mais solene momento dos meus 70 anos de vida, que nenhum negócio deve abranger mais de 50% dos nossos recursos. Quem não diversificar a produção, mais cedo ou mais tarde terá anos difíceis” (José Ermírio de Moraes);

6.    “Os vários patamares do sucesso se condicionam sempre à dedicação ao trabalho, ao esforço, à honestidade de propósito, ao estudo, e especialmente à pertinácia. A perseverança deve prevalecer em todas as iniciativas, por mais modestas e primárias que sejam. A sorte na vida, fator que não pode ser relegado, acontece geralmente para quem está com a camisa molhada. Raramente ocorre em ambiente de sombra e água fresca" (Fernando Penteado Cardoso);

Esses ensinamentos valiosos servem como alento para o momento que muitos estão passando. Tenho notado sentimentos à flor da pele, nesse pesado momento! Nada como a experiência de dois ícones do empreendedorismo do Brasil para nos dar o suporte a fim de seguirmos adiante nesse momento de profundo desafio. A fé e trabalho irão vencer.

Até a próxima! Rodrigo Albuquerque

Aviso legal: nenhum conteúdo do Notícias do Front deve ser entendido como recomendação de venda/retenção/compra de qualquer ativo, título ou derivativo agrícola, ou ainda como recomendação de investimento, mas sim, deve ser entendido meramente como opinião pessoal na data da sua publicação.

CASO QUEIRA DESFRUTAR O CONTEÚDO DO EPISÓDIO ACIMA, NA FORMA DE ÁUDIO (PODCAST), BASTA APERTAR O PLAY:



Artigos Relacionados

Comentários ( 0)

Escreva um comentário